Dulce María fala sobre o documentário: “Tem que ser os 6 juntos”; entenda

0

Show ou turnê, de fato, é um sonho distante para os fãs do RBD que desejam um reencontro para “celebrar” uma década do fim do grupo, mas as esperanças de ver Alfonso Herrera, Anahi, Dulce María, Maite Perroni, Christian Chávez e Christopher Uckermann em um mesmo evento ainda não morreram.

Quem colocou mais um grão de areia na história foi Dulce María em entrevista ao Milênio, no México.

“Realmente, deveríamos estar todos juntos, apresentar o material, conversar sobre ele, mas nenhum de nós viu o documentário ainda, então não sei o que vai acontecer. Vamos ver!”, contou a intérprete de Rompecorazones, antes de, mais uma vez, esfriar o jogo.

“Eu acho que agora é muito difícil que juntem os seis, isso seria o mais bonito. O problema é que cada um está envolvido em temas completamente diferentes, Alfonso e Christopher envolvidos com cinema e séries, e é complicado, de repente, que todos parem tudo para o reencontro. Teria de haver uma grande coincidência, então me parece muito difícil”.

Além do documentário, outra possibilidade é que os seis estejam juntos para “passar o bastão” à nova geração Rebelde. Pedro Damián já confirmou que o casting para um novo grupo nos moldes do RBD estão em andamento no México.

Dulce Maria já tinha falado que esta será uma continuação das aventuras de Roberta, Mia, Miguel, Diego, Lupita e Giovanni.

“O Pedro quer fazer como uma segunda geração. Seria a geração seguinte, como outra que sai da mesma escola”, disse a atriz e cantora. – “Eu acho muito legal que seja dado continuidade a algo que marcou nossas vidas”.

Os rumores apontam para um brasileiro no casting da nova produção de Pedro Damián, ainda sem data para estrear.

Fonte: LatinPop

Compartilhar